Da Árvore à Barra de Chocolate em 5 dias.
Cacau Amazônico | Produção de Chocolates | Análise Sensorial. 

Uma semana conhecendo de perto as diferente formas de cultivo do cacau ribeirinho e os processos de fermentação e secagem das amêndoas; produzindo chocolate Bean to Bar e praticando análise sensorial.

Edição Belém/PA

Realização: Castelli Escola de Chocolataria

 

Data 2020:

Saídas em Fevereiro e Março de 2020. Informe-se conosco! 

*Chegar um dia antes. E, aconselhamos ficar um ou dois dias a mais para curtir a cidade.
*As atividades iniciam sempre na segunda e encerram na sexta-feira.  

 

Dia 1:  O UNIVERSO DO CACAU

Manhã: A incrível história de Dona Nena e o chocolate. Dia de conhecer uma produção de chocolate e cacau amazônico 100% orgânico em um paraíso chamado Ilha do Combú, frequentado por chefs renomados como Alex Atala; de provar o suco de polpa de cacau, chocolate quente/frio feito à moda primitiva, e outras delícias com chocolate de verdade, feito ali, pelas mãos de quem vive a natureza em meio a muito cacau.

Almoço: Hora de deliciar-se com a gastronomia regional no pitoresco Saldosa Maloca, com drink de cacau e sabores surpreendentes neste catinho dos igarapés. Um lugar encantador, que traz o tempero combuense para o prato em meio a muita natureza amazônica, num ambiente rústico com vista para o rio, onde se vivencia a cultura gastronômica local. 

Tarde: Conhecendo a Cadeia Produtiva do cacau ao chocolate. O pesquisador e professor Cesar De Mendes apresenta as diferentes formas de cultivo, processos de fermentação e secagem das amêndoas, a importância da seleção de amêndoas, do entendimento da sua qualidade e dos seus principais defeitos, como etapas fundamentais para a preservação do flavor, aromas e sabores naturais do cacau.

Dia 2: O CACAU RIBEIRINHO

Manhã e Tarde: Imersão nos igarapés da floresta amazônica, onde está o cacau selvagem com suas caraterísticas únicas. Plantas, ervas e toda a biodiversidade da floresta, carregada de sabores e aromas serão tema desse dia. A flor do cacau e o fruto no pé, as diferentes espécies de cacau, o amarelo, o mais violeta, o mais arredondado e o mais comprido, o mais doce e o mais cítrico, e toda a intensidade da floresta. A colheita, a fermentação e a secagem das amêndoas a pleno sol. E claro, a qualidade das amêndoas, matéria-prima do chocolate. 

Almoço: Servido a modo ribeirinho, numa verdadeira imersão na cultura amazônica.

 

Dia 3: QUALIDADE EM AMÊNDOAS DE CACAU E PRODUÇÃO DE CHOCOLATE

Manhã: Momento teórico-prático para entendimento da Qualidade das Amêndoas de Cacau e prática de Análise Sensorial.

Tarde: Visita a CEPLAC. Local onde se poderá vivenciar o plantio e colheita do cacau. Plantações de cacau e barcaças de secagem das amêndoas. Visita acompanhada e guiada por professor da Castelli Escola de Chocolataria.

Almoço e jantar: livre

 

Dia 4: MOLDAR E DEGUSTAR

Manhã e tarde: Hora entender o processo de fazer chocolate! Parte I.
Teoria e prática. Moer, refinar, conchar. Massa de chocolate feita.

Almoço e jantar: livre

 

Dia 5: MOLDAR E DEGUSTAR

Manhã e tarde: Hora fazer chocolate! Parte II.
Temperar, moldar e transformação concluída. Chocolate pronto para degustação!

Almoço e jantar: livre

 

INSCRIÇÕES

Inscrição: envie seus dados para  relacionamento@castelliescolachocolataria.com.br

Nome Completo, Número de Documento (CPF E RG), e-mail, telefone e  endereço completo (com cidade, estado, CEP e bairro).

 

IMPORTANTE:

A confirmação do grupo se dará 20 dias antes da data de realização da experiência. Antes de receber a confirmação, não reserve hotéis ou realize a compra de passagens.

Investimento: a garantia de vaga só se dará mediante pagamento da 1ª parcela, em caso de parcelamento, ou do valor integral do mesmo, no caso de pagamentos à vista.

VAGAS LIMITADAS.

 

INVESTIMENTO:

Valor integral: R$ 4.474,80

Inscrições realizadas até 30 dias antes da viagem - 10% de desconto | R$ 4.068,00 em 3 parcelas de R$ 1.356,00

 

*Inclui atividades e vivências, 1 almoço

*Não Inclui: Aéreo, hospedagem e traslados do aeroporto para o Hotel.

 

Mínimo de 15 participantes.

 

DICAS:

O que levar?

Não deixe de colocar na mala protetor solar, repelente, óculos de sol, roupas leves, boné, chapéu e tênis para aproveitar melhor as caminhadas em meio a mata e as idas e vindas de barco.

Gastronomia:

Belém tem uma culinária fantástica, são vários os restaurantes para todos os gostos e bolsos.

A noite você pode aproveitar para passar na Estação das Docas e escolher seu restaurante favorito.

Clima:

Em Belém faz calor o ano inteirinho! A época das chuvas é chamada de “inverno” e vai de dezembro até abril. O “verão” acontece de junho a novembro, melhores meses para aproveitar os passeios.